InícioBenefíciosSaiba tudo sobre Minha Casa Minha Vida 2024 – o auxílio voltou!

Saiba tudo sobre Minha Casa Minha Vida 2024 – o auxílio voltou!

Anúncios

O programa Minha Casa Minha Vida é uma iniciativa do governo federal brasileiro, que tem como objetivo facilitar o acesso à moradia para famílias de baixa renda em todo o país. 

Para fazer parte, é preciso cumprir requisitos que podem variar de acordo com a faixa de renda em que a família se encaixa e a modalidade de financiamento escolhida. 

Anúncios

A renda familiar é muito importante pois há faixas de renda e esses limites variam dependendo da região do país e da modalidade de financiamento escolhida. O candidato também não pode ter imóvel próprio ou financiado em qualquer outro lugar do país. 

O CPF deve estar regularizado na Receita Federal e não pode haver restrições de crédito junto aos órgãos de proteção ao crédito. Além disso, é preciso atender às outras condições como idade mínima, número de dependentes, tempo de trabalho com carteira assinada, entre outros. Continue acompanhando a matéria para saber como participar desse programa!

O que mudou no programa para 2024?

É necessário se inscrever junto aos agentes financeiros autorizados pelo programa, como a Caixa Econômica Federal. Essa inscrição pode ser feita presencialmente em uma agência ou por meio do site oficial da Caixa. 

Foi em Santo Amaro (BA) que o presidente da República assinou uma Medida Provisória que atualiza o programa habitacional e prioriza o atendimento da Faixa 1, que é voltada para as pessoas de baixa renda.

O governo federal tem intenção de contratar 2 milhões de obras até 2026, sendo que o programa é voltado para quem reside em área urbana e tem renda bruta familiar mensal de até R$ 8 mil e também contempla famílias de áreas rurais com renda bruta anual de até R$ 96 mil.

Esse valor não leva em consideração benefícios temporários, previdenciários ou assistenciais como os auxílios e os benefícios como o Bolsa Família. A aposta do governo é gerar renda e trabalho para a população. 

A intenção é promover o desenvolvimento social e econômico, aliando a qualidade de vida da população. Essas habitações podem ser oferecidas sob forma de doação, cessão, locação, arrendamento ou venda, comodato, mediante financiamento ou não, se preferir. 

ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos Recentes